Porto Santo

O Porto Santo, a "ilha dourada", é um paradisíaco bocado de terra no meio do oceano, conhecido pela sua longa praia de areia (9 km) amarela e fina, que rodeia a maior parte da costa sul da ilha. É a segunda maior das duas únicas ilhas habitadas da Região Autónoma da Madeira.

Acima de tudo, oferece tranquilidade e um charme contagiante. Quem visita este lugar não permanece indiferente. As origens da ilha são misteriosas. O maior problema reside na origem do nome e no modo como a ilha foi descoberta. Segundo o historiador, as crónicas foram interpretadas de muitas maneiras diferentes. Uma delas, a teoria mais conhecida e divulgada, fala de uma tempestade, suportada por João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira, a serviço do príncipe Henrique. O historiador recorda que, de acordo com João de Barros, eles estavam a caminho de outro destino quando foram apanhados por uma tempestade que os desviou do seu percurso. Em 1418, depois de muitas horas e dias desagradáveis, chegaram à ilha, que chamavam de Porto Santo.

Outro dado relevante sobre a ilha do Porto Santo, glorificado por Alberto Vieira, é que a ilha foi a primeira área portuguesa no Atlântico, "sendo assim um marco importante nos feitos heróicos do século XV". Desconhecido por muitos madeirenses é o facto de que as ilhotas se tornaram famosas e ainda hoje são chamadas, ocasionalmente, e de maneira pejorativa, de profetas. Tudo começou há muito tempo, quando no século XV apareceu um falso profeta, Fernão Bravo, num momento em que as principais autoridades estavam longe da ilha. O pastor teve uma crise mística e foi até à aldeia, apontando os pecados da sociedade. Ele levou o povo a um excesso de fanatismo religioso por 18 dias.

Em termos de atividades económicas, o Porto Santo começa por ter uma agricultura pobre. A economia da ilha é baseada no comércio e serviços. Nos últimos anos conhecemos um aumento do turismo, ao qual o navio que liga a Madeira ao Porto Santo tem ajudado muito. Novas unidades hoteleiras e restaurantes foram construídos, com cada vez mais qualidade. O campo de golfe, bem como os museus e equipamentos de lazer, que fazem do Porto Santo um destino único, não devem ser esquecidos.

O clima é seco e estável, com pouca variação térmica entre as estações. Como tal, as idas à praia, durante todo o ano, são bastante comuns, sendo também a água do mar agradável durante todo o ano.

A ilha do Porto Santo tem, nos dias de hoje, cerca de 5.500 habitantes e uma área de 42,48 km2.